As companhias farmacêuticas obtém lucros de bilhões de dólares vendendo medicamentos que impedem o endurecimento das artérias, uma doença que pode provocar ataques cardíacos, os quais matam milhares de pessoas todos os anos. Todavia, uma doença mais séria do que o endurecimento das artérias é o endurecimento do coração, e que não pode ser impedido por nenhum medicamento milagroso. O profeta Zacarias admoestou os israelitas e este respeito. Eles haviam endurecido seus corações e se recusavam a ouvir as palavras do Senhor. Os sintomas desta doença mortal eram a recusa de praticar a verdadeira justiça, a falta de misericórdia e de compaixão (Zacarias 7:9). O resultado foi que o Senhor ficou irado e deixou de ouvi-lo (v.13). Embora seja importante evitar que placas de gordura se formem em nossas artérias, mais importante ainda é evitar que nossos corações se tornem insensíveis para com as pessoas que são importantes para Deus: viúvas, órfãos, estrangeiros e necessitados (v.10). É crucial seguir as ordens de nosso médico para evitar a obstrução das artérias. Porém, ainda mais crucial é obedecer a Deus e evitar que nossos corações se tornem endurecidos para para com as necessidades dos outros. Peça a Deus que traga à sua presença, uma pessoa que necessita de ajuda, de alguém com um coração brando e sensível.  Não endureçam o coração. -Salmo 95:8   NOSSO ANDAR DIÁRIO