"Apresse-se!" "Estamos atrasados!" "Você é muito lento!" Quantas vezes palavras impacientes aparecem no nosso falar, revelando a vida apressada que levamos? Se não tomarmos cuidado, nos tornamos pessoas que vivem correndo, exigindo chegadas rápidas e resultados instantâneos. Os especialistas no estresse chamam isso de "a doença da pressa". Em Filipenses3, o testemunho do apóstolo Paulo de um crescimento que ocorre durante toda uma vida, lembra-nos que a maturidade cristã pode ser encorajada, mas não apressada. Em seu livro Vencedor Por Meio da Cruz, Paul Billheimer diz que assim como Deus toma tempo para criar um carvalho, ele toma tempo para criar um santo. O crescimento cristão é um processo que dura toda vida. Ele escreve: "Uma maçã que não está madura não é boa para comer, mas nem por isso deveríamos condená-la. Ela ainda não está pronta para se comer porque Deus não terminou de prepara-la. É uma fase da carreira da maçã e boa no seu tempo". Você se sente impaciente com o seu crescimento espiritual? Lembre-se: Deus ainda não terminou Seu trabalho em você- e Ele não espera isso até que o chame para Seu lar celestial. Assegure-se que seu alvo é o de conhecer a Cristo e tornar-se mais semelhante a Ele. Então, lentamente, mas de forma segura - sob céus azuis e tormentosos- Ele vai conduzir você á maturidade. É a Sua cura certa para a "doença da pressa". Não há atalhos para alcançar a maturidade espiritual. Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo. Filipenses 3:12