É típico que, quando envelhecemos perdemos nossa proeminência e nossas posições de influência. Mesmo aqueles de nós que nunca foram centro de grandes atenções, parecem desaparecer gradativamente nas sombras.
Por um lado, a falta de destaque e o anonimato são bons, porque é difícil realizar algo em público sem perguntar que impressão estamos deixando aos outros. Nós nos preocupamos com o quanto nossa reputação está sendo melhorada ou prejudicada. E aqui está o perigo: na proporção em que buscamos reconhecimento humano, negligenciamos a aprovação de Deus. Por outro lado, perder a admiração dos homens e mulheres pode fazer com que busquemos somente a aprovação de Deus. Aqui esta um teste dos nossos talentos, nossas orações, nossos jejuns: fazemos essas coisas somente para os olhos de Deus? Se for assim, mesmo quando não somos percebidos e notados pelos outros, temos o reconhecimento de nosso Pai celestial e Sua recompensa. Jesus repetiu três vezes para Seus discípulos: "E seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará" (Mateus6:4,6,18). Essa também é nossa certeza. Todo ato não observado, seja de tempo, energia e amor, todo pedido que sussurramos nos ouvidos do Pai celestial, todo segredo, lutas interiores contra o pecado e a auto-indulgência serão totalmente recompensados no seu devido tempo. Por fim, o elogio:"Muito bem, servo bom e fiel" é tudo o que importa (Mateus. 25:21). Não há recompensa da parte de Deus para aqueles que buscam da parte dos homens. E seu Pai, que vê em secreto, o recompensará. Mateus 6:18 NOSSO ANDAR DIÁRIO