A honra, a justiça, o dever e o amor gozam de prioridades na vida. Quem quer que não as respeite, não pode aspirar à felicidade. Quem quer que não as coloque em primeiro lugar na lista de suas coisas sagradas, mui cedo se verá mergulhado no caos. O homem que não é capaz de obrigar suas paixões a respeitarem à justiça, seus prazeres a ceder ante o dever, e seu egoísmo a render-se ao amor,jamais gozará senão os prazeres inferiores da vida. Em qualquer emergência da vida, o que é mais elevado e mais honroso satisfaz às maiores exigências. Em qualquer circunstância, o que é decente é mais seguro. "Em todos os vossos caminhos, Entregai-vos às mãos do Senhor.