Algumas coisas que realizamos na vida exigem um compromisso intenso por um curto espaço de tempo -e o resultado tem um valor que dura para sempre. Pense, por exemplo, nas pessoas que conseguem um doutorado no campo de trabalho que escolheram. Essas pessoas diligentes colocam de lado outros alvos e dedicam seu tempo, dinheiro, habilidades e trabalho árduo por um período de tempo para alcançar algo que em 50 anos ainda vai fazer parte de seus nomes. Um esforço temporário intenso resulta numa hora que dura toda vida.
Em 1 Pedro, o apóstolo descreveu a troca de tempos difíceis por bons resultados. Nesse caso, Pedro não estava falando sobre uma educação formal, embora poderíamos chama-la de a escola dos golpes difíceis temporários que surgem nas nossas vidas mesmo que não os tivéssemos escolhido e ele mostrou que podem ter benefícios duradouros. Nós nos regozijamos durante as provações não pela provação em si, mas pela glória e honra vindouras, que são permanentes.
Tempos duros podem trazer dor e tristeza e parecem não prometer nenhuma boa notícia. Mas Pedro nos incentivou a "exultarmos-nos nas mesmas (1:6-7). Ele queria que olhássemos para o futuro, para a alegria eterna que foi prometida uma alegria que vai ajudar-nos a compreender os tempos difíceis, mais passageiros. Podemos suportar as provações dessa vida por causa das alegrias da vida que há de vir.
Nisso vocês exultam, ainda que agora, por um pouco, devam ser entristecidos por todo tipo de provação. 1 Pedro 1:6
Nosso Andar Diário