IMÃ E MÃE

Uma professora deu uma aula sobre o imã e sua função às crianças da segunda série do Ensino Fundamental. No dia dia seguinte,
num teste escrito, ela inclui a questão: "Meu nome tem três letras. Uma delas é m e também possuo o acento til. Pego ou ajunto coisas. Quem sou eu? Quando os testes lhe foram devolvidos, a professora ficou surpresa ao descobrir que quase 50% dos alunos responderam a esta pergunta com a palavra mãe.
Sim, mães pegam e ajuntam as coisas. Mas elas são muito mais do que "Imãs", juntando as roupas e recolhendo os brinquedos ao redor da casa. Mesmo que muitas mães estejam dispostas a fazer tais tarefas, elas possuem um chamado muito maior do que esse. Uma boa mãe ama a sua família e propicia uma atmosfera em que cada membro encontra aceitação, segurança e compreensão. Ela esta presente quando os filhos necessitam serem ouvidos, ou de ouvir uma palavra de conforto, de receber um abraço carinhoso, ou de um toque amoroso sobre uma testa febril. E para mãe cristã, a sua maior alegria consiste em ensinar seus filhos a confiarem e a amarem Jesus como Salvador pessoal. Esse tipo de mãe merece ser honrada- não somente em um dia especial do ano, mas todos os dias. E o reconhecimento deve envolver mais do que palavras; deve ser demonstrado por meio do respeito, da consideração e de atos de amor.